NOTÍCIA
FUNDO AMBIENTAL: NOVO AVISO APOIAR A ECONOMIA CIRCULAR NO SETOR DA CONSTRUÇÃO (CIRCULAr - CONSTRUÇÃO)


O Fundo Ambiental lançou um novo Aviso destinado a financiar projetos piloto no setor da construção. Os projetos a serem desenvolvidos neste âmbito devem considerar

obrigatoriamente o Protocolo de Gestão de Resíduos de Construção e Demolição da Comissão Europeia.

 

ENCERRAMENTO 

Até às 17:00 horas do dia 4 de Maio de 2018

BENEFICIÁRIOS 

Empresas do setor privado com atividade no âmbito do setor da construção civil.  O beneficiário pode apresentar candidatura em consórcio, sendo o beneficiário a entidade líder que deverá definir a visão, exercendo liderança estratégica, afetando recursos e promovendo as redes de cooperação necessárias com outras tipologias de entidades, designadamente:

  • Municípios e Juntas de Freguesia; 
  • Empresas de materiais de construção e operadores de gestão de resíduos de construção e demolição; 
  • Universidades, centros tecnológicos, unidades de investigação e desenvolvimento (I&D) e outras infraestruturas tecnológicas; 
  • Entidades reconhecidas na prática de I&D, nos termos estabelecidos pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (ver programa SIFIDE - Reconhecimento de Idoneidade); 
  • Entidades privadas sem fins lucrativos, de natureza associativa e com competências específicas dirigidas às empresas ou que prossigam objetivos de responsabilidade social, excetuando-se as entidades gestoras de fluxos específicos de resíduos.

COFINANCIAMENTO

O cofinanciamento é de 80% até um valor máximo de 50.000,00€

DOTAÇÃO DO FUNDO 

500.000,00€


Áreas chave:

Deverão ser consideradas as seguintes áreas-chave ou combinações das mesmas (pelo menos duas): 

  • Recuperação de componentes e a sua reutilização (podendo incluir reparação, remanufactura e modelos de negócio associados); 
  • Aplicação de métodos de segregação e valorização dos materiais recicláveis; 
  • Passaportes de edifícios para contabilização de tipologia de materiais e gestão de ciclo de vida adequado; 
  • Desenvolvimento de plataformas de cálculo de benefícios económicos e ambientais associados ao processo de desconstrução seletiva e de reutilização.

O formulário da candidatura deve ser devidamente preenchido e submetido pelo beneficiário, acompanhado de todos os documentos no portal do Fundo Ambiental:

http://www.fundoambiental.pt/avisos-2018/economia-circular/apoiar-a-economia-circular-no-setor-da-construcao-circular-construcao.aspx

 A AdEPorto está disponível para prestar serviços de preparação de candidaturas, pelo que ficamos à disposição para qualquer esclarecimento.

2018-04-17

AdEPorto © 2013 Agência de Energia do Porto Produced by 4Best RSS