Apresentação do projeto ASCEND ao Executivo e Ecossistema Municipal

2024-15-17

A Agência de Energia do Porto - AdEPorto, na qualidade de líder do consórcio nacional do projeto “ASCEND”, composto pelos parceiros locais Águas e Energia do Porto (AEdP), Associação Porto Digital (APD) e Fundação Serralves, apresentou, no passado dia 12 de abril, ao Executivo e Ecossistema Municipal, os resultados alcançados decorrido um ano após o arranque deste projeto Horizonte Europa, bem como os seus principais desafios e objetivos futuros. O evento, realizado nas instalações do Porto Innovation Hub, contou com mais de 30 participantes.

O projeto “ASCEND Accelerate Positive Clean Energy Districts tem como principal objetivo acelerar a criação de bairros de energia positiva e limpa (Positive Clean Energy Districts – PCED), contribuindo para a transição das cidades para a neutralidade carbónica. O consórcio internacional é liderado pela SPL Lyon Confluence e composto por um total de 39 parceiros de 14 países europeus.

PCED ASCEND DO PORTO
 
O Porto é uma das seis cidades multiplicadores parceiras, que inclui também duas cidades farol, Lyon e Munique, e está a trabalhar na implementação de um PCED, seguindo 6 pacotes de solução (Solution Packages-SP). Este projeto tem o objetivo duplo de mitigar as alterações climáticas, e criar cidades mais inclusivas, resilientes e inteligentes.
 
A área de intervenção do PCED ASCEND do Porto localiza-se em Lordelo do Ouro, integrando 7 conjuntos habitacionais municipais, 4 escolas e várias instalações municipais, assim como a Fundação Serralves. Esta área possui uma capacidade de produção de energia fotovoltaica instalada de cerca de 68 kWp (promovida no âmbito do Porto Solar), perspetivando-se o aumento da produção de energia fotovoltaica em 2024, com a instalação de mais painéis fotovoltaicos noutros edifícios municipais.
 
As iniciativas e investimentos já desenvolvidos em Lordelo do Ouro no âmbito do ASCEND reforçam o posicionamento do Porto na prossecução da neutralidade e dentro do consórcio internacional, contribuindo ativamente para as ambicionadas replicabilidade e escalabilidade dos PCEDs por toda a União Europeia e países associados.
 
Além da apresentação do projeto, que possibilitou um espaço para discussão de potenciais sinergias, encontrou-se aberto, até ao dia 3 de maio, um inquérito para recolha de contributos adicionais que pudessem acrescentar valor e o lastro de atuação do projeto na área de intervenção.  
 
O ASCEND é um projeto europeu financiado pelo Programa Horizonte Europa [101096571 — ASCEND — HORIZON-MISS-2021-CIT-02].